O Clube do Livro Erótico

O mundo é cheio de boas ideias que não vão pra frente. Há vidas inteiras assim: pessoas com ideias maravilhosas, interessantes, simples, mas que nunca conseguem levantar e colocar em prática aquilo que sonham. O caminho para a frustração está cheio de boas ideias.

Eu não lembro quando foi que vi essa lista do Flavorwire. Eu não lembro quando ou com quem surgiu a ideia de fazer um clube de leitura de livros eróticos (acho que foi com a mesma amiga que sugeriu criarmos o clube de leitura do Neil Gaiman), mas sei que foi com essa lista e que isso ficou na minha cabeça desde então.

Leia mais

Os novos nomes da Granta Britânica

A rádio BBC acabou de anunciar os novos jovens (pleonasmo non intended) escritores da quarta seleção da Granta Britânica, que é publicada a cada dez anos. A primeira foi em 1983 e, nestes 30 anos de existência, já lançou ao mundo nomes como: Kazuo Ishiguro (entrou na primeira e na segunda lista), Ian McEwan, Julian Barnes, Hanif Kureishi, Salman Rushdie, Zadie Smith e Adam Thirlwell, que esse ano estão novamente na lista.

Os nomes de 2013 são:  Leia mais

Saraiva anuncia vencedor do 2º Prêmio Benvirá

Com o romance Deserto, Luis Sergio Krausz é o vencedor do 2º Prêmio Benvirá. Professor de Literatura Judaica e Hebraica na Universidade de São Paulo, trabalha como tradutor e é autor dos livros Desterro: Memórias em Ruínas (S. Paulo, Tordesilhas, 2011) e Passagens: Literatura Judaico-Alemã entre Gueto e Metrópole (S. Paulo, Edusp, 2012). Também foi vencedor do prêmio Isaías Golgher em 2011.

O 2º Prêmio Benvirá de Literatura recebeu mais de 1.500 inscrições de agosto, quando lançado na Bienal de São Paulo, até seu encerramento em 30 de novembro de 2012.

Leia mais

Homenagem a Wisława Szymborska – Parte II

O fim da vida de pessoas públicas geralmente é marcado por uma série de discursos. Fala-se sobre as realizações do finado, sobre o quão importante ele foi. Faz-se alguns elogios à sua memória, lembra-se de dificuldades e de bons momentos. É algo bastante interessante e, até mesmo, louvável. Existe, porém, um grande problema nisso: a pessoa que melhor poderia falar a respeito do assunto é justamente a que deixou este mundo.

Nada melhor, então, do que homenagear a poeta polonesa Wysława Szymborska com as palavras da própria. Por isso, o Tiago traduziu, do francês, as palavras que ela proferiu quando do banquete do prêmio Nobel e eu, a partir do polonês, o discurso que ela fez na cerimônia de recebimento dessa mesma láurea.

Leia mais

Poemas de Tomas Tranströmer

Ontem foi anunciado o vencedor  prêmio Nobel de literatura desse ano, que foi o poeta sueco Tomas Tranströmer. Praticamente desconhecido no Brasil, ele é um dos maiores nomes da literatura sueca contemporânea, tendo sido extensamente traduzido para boa parte dos idiomas europeus. Como de praxe, as traduções para a língua portuguesa praticamente inexistem (só sei de alguns poucos poemas traduzidos em Portugal, e nada mais).

Eu e o Tiago já discutimos um pouco a respeito da escolha da Academia Sueca em outro tópico, e, conforme prometido, traduzimos alguns poemas de Tranströmer. Leia mais

APP promove 1ª edição do Eletronic Lounge

A APP, Associação dos Profissionais de Propaganda, uma das mais tradicionais entidades que congrega publicitários da América do Sul, promove a primeira edição do “Electronic Lounge”, encontro com profissionais de comunicação para um bate-papo informal sobre o mercado. O evento acontece na quarta-feira, 4 de maio, a partir das 19h, no Espaço Cultural “Zé Rodrix” – na sede da entidade –, em São Paulo.

O primeiro tema discutido será “O mundo digital: as mudanças no mercado publicitário e as novas tecnologias” que irá debater as novas ferramentas digitais, as mudanças no mercado de comunicação e a importância do profissional em contato com essa nova realidade, com visão estratégica e que consegue encontrar as oportunidades online sem esquecer o offline.

Nessa primeira edição, os convidados que irão intermediar o debate são Ulisses Zamboni, sócio e diretor de planejamento da agência Santa Clara, e Guilherme Valadares, criador e editor-chefe do “Papo de Homem – Lifestyle Magazine”, revista online com assuntos voltados ao universo masculino.

Electronic Lounge
Data: 4 de maio de 2011
Horário: das 19 às 22 horas
Local: Espaço Cultural “Zé Rodrix” – Sede da APP
Endereço: Rua Hungria, 664 – 12º andar
Informações: (11) 3813-0188 ou appbrasil@appbrasil.org.br
Associado: ingresso gratuito
Não-associado: R$ 120,00
Estudantes: R$60,00

Maurício de Sousa e Cartoon Network lançam nova empresa de animação

Maurício de Sousa nasceu em Santa Isabel em 1935, e além da Turma da Mônica – que ganhou diversos personagens ao longo desses mais de 50 anos -, desenhou a Turma da Tina, Turma do Penadinho, Turma do Chico Bento, Turma do Piteco, Turma da Mata, Papa-Capim, Horácio, Astronauta, Turma do Pelezinho, Ronaldinho Gaúcho e Turma da Mônica Jovem. Leia mais

Curso sobre Roberto Bolaño

O escritor chileno Roberto Bolaño já foi chamado pela imprensa americana de ‘Harry Potter intelectual‘, devido ao seu sucesso de vendas naquele país- e pelo sucesso acadêmico de sua obra. O mesmo fenômeno se repete no Brasil.

Bolaño nasceu em 1953, em Santiago, filho de um caminhoneiro boxeador e uma professora. Depois de uma infância no litoral sul do Chile, mudou-se com a família para a cidade do México, onde largou os estudos e começou a escrever. Tornou-se também militante de esquerda, tendo voltado para o Chile quando da vitória de Allende, mas acabou sendo preso como membro de um grupo Trotskista quando Pinochet tomou o poder. Passou 8 dias encarcerado e foi liberto por um amigo de juventudo, que era militar. Depois disso passou grande parte da vida como nômade, escrevendo para concursos literários para ganhar a vida. Casou-se e teve dois filhos e morreu em 2003. Bolaño é considerado o escritor latino-americano mais importante de sua geração, tendo sido amigo próximo e influênciando a obra de Rodrigo Fresán, Enrique Vila-Matas e outros.

Leia mais

Moacyr Scliar

Sempre ouvi falar muito de Moacyr Scliar. Seja pela polêmica- ou não- envolvendo seu ‘Max e os Felinos’ e ‘Vida de Pi’ de Yann Martell, seja pelas óbvias referências em comum: judeu, médico, escritor.

Uma das minhas grandes faltas com relação à literatura nacional, porém, é nunca ter lido nenhum romance dele. Li alguns contos e ensaios, apenas. De alguns eu gostei bastante, de outros, nem tanto.

Leia mais

FLAP 2010 – 5 Anos

O nome FLAP surgiu como uma brincadeira e negação ao tradicional evento que enche anualmente as ruas de Paraty, sem nunca ter recebido um sentido oficial: essa sigla que permite licenças poéticas já está presente no cenário cultural e literário de São Paulo há cinco anos. Começou com um grupo de poetas – inconformados com a pouca atenção dada à sua arte nos tradicionais eventos de literatura do país, resolveram, então, que já havia chegado a hora de ajustar o foco e debater poesia, viva e atual, e contrariar aquela fúnebre máxima “poeta bom é poeta morto”. Nessa meia década de vida, a FLAP já conseguiu êxito em mostrar que ainda existe poesia escorrendo por todos os cantos da América Latina, e que está pronta para discutir sua forma, suas inspirações, sua língua e seus rumos.

Leia mais

Marte Ataca #4

Nossos parceiros do Coletivo Marte realizam nesse final de semana a 4ª edição da festa Marte Ataca! que reúne bandas, exposições e bazar.

A próxima MARTE Ataca! acontece dia 28 de agosto, a partir das 22h no Cidadão do Mundo, em São Caetano. (Endereço é Rua Rio Grande do Sul, 73). A entrada fica por R$ 5,00.

Os shows são das bandas Victtoria, 3onfall e The Salad Make.

Pra deixar a noite mais animada, a MARTE Ataca traz também os DJs Cesinha e nosso amigo Vinícius, do blog Os Três Macacos.

Leia mais

Mais teatro, Brasil!

O Brasil é um país culturalmente muito rico. Ou poderia ser, se soubéssemos aproveitar o que temos: e, acreditem, isso não acontece. Prova disso é o descaso com que o teatro é tratado: além de subcelebridades fazerem sucesso com textos (bastante mal articulados, diga-se de passagem) sobre os porquês de não irem ao teatro, há uma falta de espaço e de fomento para a sexta arte.

É para tentar mudar isso que surgiu a campanha ‘Mais Teatro, Brasil!’- que visa, obviamente, aumentar o número de salas de teatro no Brasil.

Leia mais