A dama do lago e seu caval(h)eiro

Em uma resenha anterior, na qual falei sobre O longo adeus, comentei que Philip Marlowe é um dos detetives mais conhecidos da literatura e, também, que seu método de investigação, no que concerne a entrevistar os suspeitos, talvez seja sua … Leia mais

O longo adeus e as credenciais de Marlowe

É interessante notar como o romance policial (o romance detetivesco, de mistério ou de investigação) tem sido responsável pela criação de uma galeria de personagens antológicos. O mais conhecido deles é certamente Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle. Mas podemos … Leia mais

Alice, não mais que de repente

Não sei dizer se isso data do modernismo ou de algum outro período artístico-literário qualquer (quem sabe da ruptura de Joyce ou quem sabe até mesmo do Pound), mas me parece que de uns tempos para cá (um tempo longo, … Leia mais

Saber ou não saber: eis a questão

Sabe-se que ter elementos de um romance policial não faz com que um livro necessariamente se encaixe nesse gênero. A tônica investigativa está presente na literatura desde os livros clássicos até os best-sellers.  Ao tomarmos conhecimento da “Trilogia Tebana”, de … Leia mais

Quem matou Palomino Molero? (Mario Vargas Llosa)

Em 1986 Mario Vargas Llosa publicou Quem matou Palomino Molero?, um romance de estilo policial, que narra a investigação de dois oficiais, Lituma e o Tenente Silva no caso do assassinato de Palomino Molero, um soldado cujo corpo foi encontrado … Leia mais

O silêncio dos inocentes (Thomas Harris)

Recentemente, a NPR (National Public Radio) realizou uma votação em seu site para eleger os melhores  thrillers de todos os tempos.  Os votantes, aliados ao crivo de críticos e escritores, elegeram em primeiríssimo lugar a mais conhecida obra de Thomas … Leia mais