Crítica: ‘Para Sempre Alice’ – e a arte de perder

A arte de perder não é nenhum mistério; Tantas coisas contém em si o acidente De perdê-las, que perder não é nada sério – Uma Arte, Elizabeth Bishop   Já escrevi esses versos por aqui. Foi na dupla resenha e … Leia mais

Brevíssimas impressões sobre a canção que você adorou

Proponho o seguinte: discutir um título. Mas do que eu falo quando eu falo em “título”? Certamente não o estou usando como um dos sinônimos de “livro”, necessários para que esta palavra não se repita em demasia – dependendo do … Leia mais