Emmanuelle mon amour

Começa com um abraço, durante o abraço, um poema, e de um poema, um filme inteiro. “Quatro vezes no museu de Hiroshima. Eu vi as pessoas andando, pensativas, Por entre as fotografias, as reconstituições – por falta de outra coisa. … Leia mais