Posfácio – Um conto de Natal (Parte 2)

(Esta é a segunda parte do conto. A primeira está aqui.) * * * Dois segundos e estamos na biblioteca pública. (Sério, não há propaganda melhor para o bom uso das chaves. Dois segundos não é nada.) Nas mesas, leitores … Leia mais

Posfácio – Um conto de Natal (Parte 1)

Portas. Eu sempre admirei quem as atravessa como se fossem inofensivas, pessoas convictas de que, do outro lado, não há outra possibilidade além do quarto, da sala ou do outro ambiente que tenham em mente. Portas. Nem para desconfiarem da … Leia mais