Crítica: Homem Irracional

Woody Allen é possivelmente o maior obsessivo da história do cinema. Ao longo de cinquenta anos de carreira, em um ritmo de um filme por ano, o diretor trabalhou os mesmos temas repetidamente, tentando investigar as implicações das questões que … Leia mais

Crítica: ‘Blue Jasmine’, de Woody Allen

Woody Allen, como seu ídolo Ingmar Bergman (e meu ídolo e objeto de mestrado), é um cineasta prolífico e obsessivo. São quase 50 filmes, muitos deles apresentando de alguma forma os mesmo temas, os mesmos personagens e as mesmas narrativas. … Leia mais