Crítica: Homem Irracional

Woody Allen é possivelmente o maior obsessivo da história do cinema. Ao longo de cinquenta anos de carreira, em um ritmo de um filme por ano, o diretor trabalhou os mesmos temas repetidamente, tentando investigar as implicações das questões que … Leia mais

Crítica: ‘Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)’

Irritado com a má interpretação de um de seus atores, Riggan Thompson (Michael Keaton) pede a seu empresário por um substituto: “Que tal Woody Harrelson?” – ele pergunta. “Ele está no próximo Jogos Vorazes” – responde o empresário. “E Michael … Leia mais

Crítica: Magia ao Luar

Woody Allen nunca se afasta muito do “cinema de Woody Allen”: seus temas, seus personagens, os arranjos de roteiro repetem-se sempre, obsessivamente. Há filmes melhores e piores, mas o estilo do diretor corre marcante por todos eles. Ainda assim, desde … Leia mais