Crítica: ‘Para Sempre Alice’ – e a arte de perder

A arte de perder não é nenhum mistério; Tantas coisas contém em si o acidente De perdê-las, que perder não é nada sério – Uma Arte, Elizabeth Bishop   Já escrevi esses versos por aqui. Foi na dupla resenha e … Leia mais

Mais poesia na sua vida – Formas inusitadas

Há poucos meses, perguntei: você gosta de poesia? Na coluna em questão, escrevi sobre como “2013 foi um ano atípico na poesia” e listei todas as obras do gênero que li no período: dez. Acho que nunca tinha lido tantos … Leia mais