O trigo, o joio e o neorrealismo de Namora

Todo o ano alguma grata surpresa nos aguarda em meio às infinitas possibilidades de leitura. Se em um ano descobrimos um Camilo José Cela, no outro viemos a descobrir um João Antonio, e em outro um Mario Benedetti. Independente de … Leia mais