Crítica: ‘Gravidade’ – em busca de fronteiras

Quando os primeiros frames cinematográficos foram gravados pelos irmãos Lumière naquele dezembro de 1895, duvido que se vislumbrasse tamanho avanço da técnica em pouco mais de cem anos. Hoje, mesmo depois de George Méliès 1 (1861-1928, precursor dos efeitos especiais), de … Leia mais

Uma coisa boa por dia

Morosidade. Inércia. Tédio. Às vezes, a vida é muito parecida com certo romance de Tao Lin, intitulado Eeeee Eee Eeee, uma das coisas mais estranhas que li na vida. Acho muito difícil que seja traduzido para o português algum dia – … Leia mais