Os novos nomes da Granta Britânica

em 15 de abril de 2013

A rádio BBC acabou de anunciar os novos jovens (pleonasmo non intended) escritores da quarta seleção da Granta Britânica, que é publicada a cada dez anos. A primeira foi em 1983 e, nestes 30 anos de existência, já lançou ao mundo nomes como: Kazuo Ishiguro (entrou na primeira e na segunda lista), Ian McEwan, Julian Barnes, Hanif Kureishi, Salman Rushdie, Zadie Smith e Adam Thirlwell, que esse ano estão novamente na lista.

Os nomes de 2013 são: 

Naomi Alderman
Tahmima Anam
Ned Beauman
Jenni Fagan
Adam Foulds
Xiaolu Guo
Sarah Hall
Steven Hall
Joanna Kavenna
Benjamin Markovits
Nadifa Mohamed
Helen Oyeyemi
Ross Raisin
Sunjeev Sahota
Taiye Selasi
Kamila Shamsie
Zadie Smith
David Szalay
Adam Thirlwell
Evie Wyld

Adam Thirlwell, Helen Oyeyemi, Kamila Shamsie, Sarah Hall, Steven Hall, Tahmima Anam e Zadie Smith já têm livros traduzidos para o português. Apesar deles ainda não serem tão conhecidos pelo grande público fora dos limites do Reino Unido, muito provavelmente alguns despontarão como grandes promessas e conquistarão leitores para além das terras da rainha Elizabeth.

A Granta foi fundada em 1899 e retomada apenas em 1979, ano em que virou referência por catapultar promessas literárias ou, trocando em miúdos, jovens escritores. Por jovem, são considerados homens e mulheres com menos de 40 anos de idade.

O diferencial da Granta é que seus exemplares são traduzidos para diversas línguas, permitindo que leitores – e editoras –  do mundo todo tenham acesso às revelações da literatura. A revista também ganhou duas edições para jovens escritores norte-americanos – elegendo nomes como Jonathan Franzen, Jeffrey Euginedes, Jonathan Safra Foer, Nicole Krauss – e em 2010 para os escritores da língua espanhola, que conta com os queridinhos Alejandro Zambra e Pola Oloixarac.

Em 2012, saiu a edição brasileira da Granta durante a 10 ª Flip e grande parte dos nomes já eram conhecidos do público leitor, o que causou acusações de favorecimento além de algumas pessoas considerarem a lista “óbvia demais”. Pelo bem ou pelo mal, você pode conferir o que achamos da Granta verde-e-amarela aqui.

Um comentário para “Os novos nomes da Granta Britânica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.