Diário da Flip – Dia 2: Respeita as mina

Depois de muita dúvida a respeito da cobertura do dia 2 da Flip (afinal, aquilo era glacê ou pasta americana?), decidi começar pela parte séria do evento: o L de literatura. Poesia pela manhã Resolvi assistir ao papo de Lázaro … Leia mais

Crack, nem pensar (ou como é difícil ficar limpo por noventa dias)

Terminei a resenha de Retrato de um viciado quando jovem lamentando que Bill Clegg não narrava no livro seus dias de recuperação. Mas eu não sabia, ou havia ignorado, que o agente literário de Nova York reservaria esta história para … Leia mais

Retrato de um viciado quando jovem (Bill Clegg)

DIÁRIO DA RUÍNA Você já fumou crack? Eu nunca fumei crack. Pessoalmente, nunca curti esse lance de drogas, nem sinto vontade de experimentar nada mais forte que um uísque ou mais viciante que café. Mas talvez você, leitor, aprecie drogas … Leia mais