O que deu para fazer em matéria de #leiamulheres2014

Depois do texto de Luisa Geisler sobre o tema, julguei que não havia necessidade de mais um texto sobre a hashtag. Ela foi lá, pôs os pingos nos ii, citou Elvira Vigna, a pesquisa da professora Dalcastagné e os números … Leia mais

Pela metade

Um livro que eu gostaria de indicar para todo mundo – mesmo para quem viu o filme inspirado nele e o detestou – é Cloud Atlas, de David Mitchell. Não escondo de ninguém – alias, já falei a respeito disso … Leia mais

Ela pode escrever QUALQUER coisa

(Põe Tori Amos para tocar – “Pretty Good Year” – e começa a escrever.) Julho já passou e a gente não se esqueceu: 2014 é O ano para ler mulheres. À hashtag #readwomen2014 uniu-se outra, mais recente (#kdmulheres), cujo fim … Leia mais

Algumas notas sobre a felicidade

(Como já fiz algumas vezes, a coluna de hoje tem três partes que, ainda que tenham alguma relação entre si, podem ser lidas independentemente. A primeira é um resumo pessoal sobre as três últimas Copas, a segunda é um passeio … Leia mais

Meu vestido é da sua conta?

É incomum que se questione a cobertura do tapete vermelho das grandes premiações. As mulheres que passam por ele sabem que serão escrutinizadas e que não há como ter certeza a respeito da reação dos críticos fashionistas (e, pior, das … Leia mais

O caçador de autógrafos (Zadie Smith)

Quando se fecha um livro e começa a pensar no que falar sobre ele, primeiro vem o grande atrativo, que pode ser desde um personagem secundário até uma citação incrível, e em seguida o grande problema, se houver, daquela obra. … Leia mais