Crítica: ‘Para Sempre Alice’ – e a arte de perder

A arte de perder não é nenhum mistério; Tantas coisas contém em si o acidente De perdê-las, que perder não é nada sério – Uma Arte, Elizabeth Bishop   Já escrevi esses versos por aqui. Foi na dupla resenha e … Leia mais

“Como uma pessoa pode ser chamada de diretor se não sabe dirigir atores?” – entrevista com Bruno Barreto

São poucos os diretores que entraram no universo do Cinema pela porta da frente, Bruno Barreto foi um deles: filho do casal de produtores Lucy e Luis Carlos Barreto, aos 21 anos Bruno dirigiu Dona Flor e Seus Dois Maridos … Leia mais

Os Livros e o Filme: ‘Flores Raras’

“A arte de perder não é nenhum mistério;  Tantas coisas contém em si o acidente De perdê-las, que perder não é nada sério.   Um filme para preencher um poema – a isso se propõe a obra de Bruno Barreto. … Leia mais