Histórias e Estórias – Astúrias e o “realismo mágico-histórico”

O escritor guatemalteco Miguel Angel Astúrias, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1967, traduziu do quéchua muitas das lendas que faziam parte dos mitos de criação da civilização maia, reunidos no livro Leyendas de Guatemala, infelizmente sem tradução. A … Leia mais

O papa verde (Miguel Ángel Astúrias)

A trilogia bananera do autor guatemalteco Miguel Angel Astúrias, iniciada com Vento forte, continua com O papa verde, livro de 1954. A figura que dá título ao livro já era conhecida do primeiro livro: o presidente da companhia Tropical Bananeira … Leia mais

Vento forte (Miguel Ángel Astúrias)

Miguel Angel Astúrias foi premiado com o Nobel em 1967 e é um dos principais nomes da literatura guatemalteca. Suas obras possuem características que as ligam a outras da América Latina na tradição do chamado “realismo mágico” ou “realismo maravilhoso”. … Leia mais

Week-end na Guatemala (Miguel Ángel Astúrias)

Week-end na Guatemala é um livro escrito em 1956 pelo guatemalteco Miguel Angel Astúrias, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1967. A obra é formada por oito contos, com personagens e tramas diferentes e que são independentes uns dos … Leia mais