Photo by Jane Cornwell

Sobre os tempos e o que é importante

Mantenho diários e cadernos de anotações desde os 8 anos. Tenho um blog privado onde escrevi dos 15 aos 20 anos. Um incontável número de rascunhos e notas espalhadas por aí. Fora tudo isso, ainda hoje e desde os 19 … Leia mais

Nada a mais nada a menos

Existe hierarquia nas palavras. Não são todas que nascem Lua, que nascem Vida pra causar impacto sozinhas. Essas aí são, por sinal, duas das mais metidas em todo dicionário. São como eu chamo palavras-luxo, porque definem o assunto e botam todas … Leia mais

La lectura vacía

Nas últimas semanas, tive um pensamento recorrente sobre a minha vida ser feita de antagonismos, essa é a primeira coisa a se saber: é rotina atarefada versus cabeça absolutamente incapaz de lembrar até do próprio aniversário. É preguiça que me faz … Leia mais

Troco fidelidade por poesia

Vai saber quanto pranto, tapa, lamúria, guerra e separação já foram causados por conta de “um momento, vamos transferir sua ligação”. Seria melhor dizer “eu não te amo mais”. Mais honesto falar “Eu nunca te amei. Só estava com você … Leia mais

Todos os Animais do Mundo

Cabelos de caracol e pulga atrás da orelha. Tomar um coice, ouvir de um passarinho, ou estar com cara de cachorro caído do caminhão de mudança e falar como um papagaio. Tanto me agradam essas expressões animalescas que queria que … Leia mais

Para voar, desamarre o sapato

Eu sei que o meu cadarço está desamarrado! Posso não ter consciência a respeito de muitas coisas da vida, sejam elas grandes questões filosóficas ou até mesmo os pequenos acontecimentos diários que se passam ao redor do meu próprio umbigo. … Leia mais

Anos-Luz Depois: Confortavelmente perdida

Poucas vezes na vida, tive controle absoluto sobre as coisas que estavam acontecendo comigo em um presente momento. Os desastres  entre esses instantes são mais marcantes e rendem mais histórias. Lembro, por exemplo, quando era criança e fazia aula de … Leia mais

Anos-luz Depois: Como tudo começou

Um dos meus maiores problemas é (e sempre foi) começar alguma coisa. Talvez soe meio pesado e direto demais lançar essa frase assim, logo no início da coluna, mas acredite, passei muito tempo apagando e reescrevendo, até que me dei … Leia mais

Anos-Luz Depois – Lesão por pensamento repetitivo

Love, love will tear us apart, again. Já perdi a conta de quantas vezes o meu inconsciente (que daqui pra frente chamarei de Agatha) estava caminhando pelo quarto do meu cérebro, andando de lá pra cá, assim meio entediado, despreocupado … Leia mais

Anos-luz Depois – Eu estou te observando

Tudo começa com uma inquietação que surge do nada e gera um certo desconforto do corpo na cadeira, te obrigando a tirar os olhos do seu livro. Você olha pro lado, nada. Olha para o outro lado, nada. Ao retomar … Leia mais

Anos-luz depois: Onde está Wally?

Não é  novidade dizer que os autores bebem de várias fontes de arte e experiências para produzir um conteúdo novo. Essa história de “puramente original” não existe. Existe sim um olhar pessoal e criativo, que reflete em um resultado único … Leia mais

Anos-luz depois: Síndrome da cadeira sem encosto

Há três meses eu decidi comprar um computador novo e optei por um desktop. A decisão  surgiu de diversos fatores que não merecem muita atenção, como configuração melhor por custo menor, a oportunidade de me deleitar com uma tela gigante, … Leia mais