Antes de voltar, amortecer

Faz quinze dias que eu voltei para casa. Quinze dias que durmo na minha própria cama, alimento meus gatos, lavo minha louça e tenho que me preocupar com coisas tipo dar um jeito na vida, arranjar mais um emprego, tentar … Leia mais

De Fårö, com amor

Eu passei os últimos dois anos escrevendo um mestrado sobre Ingmar Bergman (e suspeito ser essa a única razão para o editor deixar eu escrever no Posfácio)1, vendo todos os filmes, lendo tudo que havia para ser lido, voltando em … Leia mais

Sem medo de estar sozinha

Um mês atrás, quando eu estava naquele já famoso ônibus (mais precisamente uma van) entre Belgrado e Sarajevo, logo depois que entramos na Bósnia, o motorista parou em um posto de gasolina. Uma mulher entrou, seguida por quatro crianças, falou … Leia mais

Goethe 1 X 0 Borges

Na última terça-feira, aquele dia em que sete gols foram feitos, eu estava no bar do meu hostel em Praga cercada por adolescentes alemães em uma viagem da escola. Quando o jogo ainda era um mísero dois a zero, me … Leia mais

Vocês pediram detalhes sórdidos

Toda vez que estou conversando com alguém novo por aqui e falo que sou brasileira, a reação do meu interlocutor é “mas e a copa do mundo?”. Mentira, a primeira reação é “nossa, você não parece brasileira!”. Ao que tenho … Leia mais

Tá tendo muita Copa na Bósnia

Então eu cruzei pro outro lado da Europa Em Budapeste, há sapatos na beira do Danúbio. Sapatos de homens, mulheres, um par de botinhas de criança, sapatos de salto, botas descosturadas, um único pé abandonado de uma sandália. Sapatos de … Leia mais

Como eu perdi meu passaporte?

Não entre em pânico. Lição que já me foi útil enquanto encarava os rótulos de um supermercado húngaro. Não entre em pânico. E não perca o passaporte, mas se perder, não entre em pânico. Don’t panic é a maior lição da … Leia mais

Como se perder em um micro país

Malta é um pequeno país composto por algumas ilhas entre a Sicília e o norte da África. Das duas ilhas principais, a menor delas eu pude ver inteira do alto do avião, a maior tem 23 km de diâmetro. Como … Leia mais

Uma mochila quebrada e uma igreja medieval

Dois dias atrás, eu estava sentada no chão do hostel contemplando minha mochila quebrada. Por qualquer motivo que fosse, queria escrever minha próxima coluna sobre a mochila quebrada. Me parecia poético, prosaico, o que quer que seja, a matéria de … Leia mais