by Syuzo Tsushima

Sobre livros e canários

Tudo o que é importante deve ser protegido. Para isso, desenvolvem-se sistemas mais ou menos sofisticados, sendo mais importante a eficiência do que a elegância do arranjo. Canários foram utilizados durante décadas em minas de carvão como alarmes, por serem … Leia mais

Flip sem pão de mel, sou eu assim sem você

Tudo começou em 2012. Este blog tinha outro nome, a equipe era diferente, a Flip era a de estreia para quase todos os envolvidos, mas o pão de mel tinha o mesmo gostinho. (Como descrever? Gostinho de livro bom? Talvez.)

Ela pode escrever QUALQUER coisa

(Põe Tori Amos para tocar – “Pretty Good Year” – e começa a escrever.) Julho já passou e a gente não se esqueceu: 2014 é O ano para ler mulheres. À hashtag #readwomen2014 uniu-se outra, mais recente (#kdmulheres), cujo fim … Leia mais

Algumas notas sobre a felicidade

(Como já fiz algumas vezes, a coluna de hoje tem três partes que, ainda que tenham alguma relação entre si, podem ser lidas independentemente. A primeira é um resumo pessoal sobre as três últimas Copas, a segunda é um passeio … Leia mais

A falta que eles fazem

Erga a mão com a qual você escreve, uma forma fácil de lembrar qual lado é o esquerdo e qual não é – nem todo mundo foi agraciado com um senso automático de direção. Pedimos isso porque a presente coluna … Leia mais

Melhores Leituras 2013 – II

Como manda o ritual da lista de Melhores Leituras, post anual do Posfácio, a segunda parte é toda protagonizada por nossos colaboradores, redatores e colunistas. Seguindo a mesma regra feita para os convidados, não temos restrições com títulos do ano … Leia mais

Resultado do sorteio dos(as) três “Noites de Alface”!

SORTEIO FEITO! Finalmente o sorteio dos três exemplares lindos de Noites de alface foi realizado. Só para o caso de alguém ter comentado sem prestar atenção na nota de rodapé 3 do post original (ou seja, esqueceu de usar um e-mail … Leia mais

Extra! Sorteio exclusivo de alface fresquinha!

Na semana passada, o Posfácio entrou em clima de feira livre, com o especial Semana do Alface. Você foi alertado de que o consumo de chá de alface pode causar melancolia e solidão, escolheu a fórmula perfeita para temperar a … Leia mais

Um mundo de baiacus lá fora

Não é comum encontrarmos histórias em que o protagonista seja um velhinho meio ranzinza e antissocial, como o Otto de Noites de Alface. Ranzinza e antissocial, sim, mas simpático. Mesmo depois da morte da esposa, Otto não pede consolo aos … Leia mais

5 formas criativas de fazer um bom romance durar mais

Uma verdade incontestável: tudo que é bom dura pouco. Sim, eu sei que Longe da árvore – aquele calhamaço maravilhoso de 1056 páginas, escrito por Andrew Solomon – vai demorar horrores para ser lido, mas o fato é que toda … Leia mais

Como você tempera a sua alface?

Gosto dessas resenhas longas-mas-cheias-de-subdivisões porque você pode ler um pouco e deixar para ler o resto depois (e se lembrar de onde parou), ou escolher só ler uma parte ou ler na ordem de tamanho dos parágrafos ou preferir ler … Leia mais

O consumo de chá de alface pode causar melancolia e solidão

O primeiro parágrafo já tinha me pegado de jeito logo na primeira leitura, lá quando Noites de alface era só um capítulo solto dentro da Granta dos 20 melhores jovens escritores brasileiros. Não sou de colecionar “inícios marcantes” de romances, … Leia mais