Darkover, o planeta do Sol vermelho

em 26 de abril de 2009

Darkover

Em um futuro distante, a Terra se torna um império, possuindo diversas colônias por várias galáxias. Planetas são colonizados pelos terráqueos, enviados em naves através do universo. Em uma dessas viagens, uma nave de colonos cai em um planeta fora da rota conhecida pelos terráqueos – um planeta cuja gravidade era menor do que a da Terra, o oxigênio mais leve, possuia 4 luas e um sol vermelho, e que tinha um ambiente que permitia que os humanos ali vivessem. Um planeta cheio de mistérios, que foi nomeado por seus colonos como Darkover.

Obrigados a viver nesse planeta onde não havia metal, a única opção foi a de se adaptar de acordo com o que ele oferecia. E assim uma pequena parcela dos terráqueos volta a viver em um sistema parecido com o feudalismo, com castas dominantes, castas que tinham poderes psíquicos chamados de Laran e que podiam ser aumentados com a ajuda de uma pedra matriz. Guerras e intrigas acontecem mas a mudança mesmo começa a ocorrer após a chegada dos “Terranan”, terráqueos que descobrem o que os habitantes de Darkover haviam esquecido: a sua própria origem.

Esse é um resumo muito prático do que seria a série Darkover. Quem conhece a Marion Zimmer Bradley somente pela coleção das Brumas de Avallon e livros similares está perdendo uma obra de fantasia maravilhosa. A coleção possui 47 livros, sendo desses 12 antologias (5 deles ainda não foram publicados, estavam em andamento na época da morte da Marion e estão ainda em continuação na mão de co-autores). Os livros podem ser lidos em qualquer ordem pois apesar de acontecerem no mesmo lugar, e terem até ligações com outras histórias, são em sua maioria independentes, mas que prendem os fãs de tal maneira que a maioria prefere ler em ordem cronológica ao invés de aleatoriamente. Um exemplo dessa independência é A Chegada em Darkover, que foi escrito apedido dos fãs que queriam saber como que tudo havia começado, após diversos outros livros de Darkover terem sido publicados.

Nem todos os livros agradam. Eu mesma tenho meus preferidos e considero alguns livros um tanto repetitivos ou desnecessários à coleção. Mas no geral os livros são ótimos, as histórias prendem a atenção, a escrita é leve e como eu costumo dizer, para os fãs do gênero eis um prato cheio!

A lista de livros (por ordem de ano de lançamento) você encontra abaixo. São indicados A Rainha da Tempestade, A Corrente Partida, O Exílio de Sharra, A Chegada em Darkover, A Herança dos Hastur e Canção do Exílio.

1957 – Falcons of Narabedla
1958 – Os Salvadores do Planeta (The Planet Savers )
1961 – The Door Through Space
1962 – The Sword of Aldones (incorporado ao Exílio de Sharra)
1964 – O Sol Vermelho (The Bloody Sun)
1965 – Estrela do Perigo (Star of Danger)
1970 –The Winds of Darkover – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea A World Divided
1971 – Os Destruidores de Mundos (World Wreckers) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea To Save a World
1972 – A Chegada em Darkover (Darkover Landfall) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Darkover: First Contact
1974 – A Espada Encantada ( The Spell Sword) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea The Forbidden Circle
1975 – A Herança dos Hastur ( The Heritage of Hastur) re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Heritage and Exile
1976 – A Corrente Partida (The Shattered Chain) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates
1977 – A Torre Proibida ( The Forbidden Tower) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea The Forbidden Circle
1978 – A Ranha da Tempestade (Stormqueen!) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Ages of Chaos
1979 – Bloody Sun (re-escritura)
1980 – Dois para Conquistar (Two to Conquer) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Darkover: First Contact )
1980 – The Keeper’s Price – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1981 – O Exílio de Sharra (Sharra’s Exile) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Heritage and Exile
1982 – A Dama do Falcão (Hawkmistress!) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Ages of Chaos
1982 – Sword of Chaos – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1983 – A Casa de Thendara (Thendara House) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates
1984 – Cidade da Magia (City of Sorcery) – re-editado nos Estados Unidos como parte da coletânea Saga of the Renunciates
1985 – Free Amazons of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1987 – The Other Side of the Mirror – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1987 – Red Sun of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1988 – Four Moons of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1989 – Os Herdeiros de Hammerfell (Heirs of Hammerfell) – Os Cem Reinos
1990 – Domains of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1991 – Renunciates of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1991 – Leroni of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1993 – Rediscovery – co-autora: Mercedes Lackey
1993 – Towers of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover
1993 – Marion Zimmer Bradley’s Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover, inclui To Keep the Oath
1994 – Snows of Darkover – Antologia de estórias curtas passadas em Darkover, inclui To Keep the Oath
1996 – Canção do Exílio (Exile’s Song) – co-autora: Adrienne Martine-Barnes
1998 – The Shadow Matrix – co-autora: Adrienne Martine-Barnes
1999 – Traitor’s Sun – co-autora: Adrienne Martine-Barnes
2001 – The Fall of Neskaya – co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of Chaos Clingfire Trilogy #1 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
2003 – Zandru’s Forge –co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of Chaos Clingfire Trilogy #2 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
2004 – A Flame in Hali –co-autora: Deborah J. Ross – The Ages of Chaos Clingfire Trilogy #3 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
2007 – The Alton Gift –co-autora: Deborah J. Ross – Children of Kings Trilogy #1 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
A ser lançado – The Children of Kings – co-autora: Deborah J. Ross – Children of Kings Trilogy #2 – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
A ser lançado – “Sem Título” – co-autora: Deborah J. Ross – Children of Kings Trilogy #3 em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
A ser lançado – The Reluctant King – co-autora: Deborah J. Ross – Livro #3 da série Heritage of Hastur/Sharra’s Exile/Reluctant King – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
A ser lançado – The Shadow King – co-autora: Deborah J. Ross – ocorre depois de Destruidores de Mundos (World Wreckers) – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu
A ser lançado – Thunderlord! – co-autora: Deborah J. Ross ocorre na Era do Caos – em progresso quando Marion Zimmer Bradley faleceu

Fontes da ordem de lançamento dos livros:

http://mzbworks.home.att.net/works.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Darkover
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Darkover_books

3 comentários para “Darkover, o planeta do Sol vermelho

  1. Eu mal conhecia a autora antes de começar a ler as Brumas de Avalon, mas já estou entusiasmada para correr atras de mais!

  2. Eu adoro a Marion, seus livros sobre o rei Artur, Glenraven e a série Darkover que eu adoro, mas infelizmente é muito dificil encontrar os livros!

  3. Eu li quase todos que foram traduzidos,agora pra mim só falta ler o último,acho que é canção do exílio,que ja estou a procura.
    Me apaixonei pro Darkover, e sim,é um livro ótimo,mas não para todos,vou logo dizendo que Darkover tem uma coisa,a forte presença do homossexualismo,tanto de Homens quanto Mulheres(que são em maior número).
    É um livro que precisa ser interpretado,não acho que seria legal dar a uma criança,ja uqe ela não entenderia o porque de duas mulherers se gostarem e passarem a vida juntas e tals.Mas é lindo,fantástico,um mundo totalmente novo, e extraordinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.