As modas e bodas do Hades

Lá estava a vasculhar e eis que vejo que Antonioni tinha vontade de fazer um filme em terras tupiniquins. Mês retrasado – fazer comentários sobre as coisas no calor do momento em que surgem e a capacidade de atualização andam … Leia mais

Crítica – A Grande Beleza

Enquanto assistia a A grande beleza, a primeira pergunta que me veio à mente foi: por que Paolo Sorrentino não me era um nome mais familiar? Certamente aquele era o filme de um grande diretor, do tipo que é favorito … Leia mais

Crítica: A Bela Que Dorme

Marco Bellocchio é um dos nomes mais proeminentes do cinema italiano atual,  seus filmes olham para a tradição do neorrealismo e têm a Itália como mais do que cenário: o país é tema da maior parte dos filmes do diretor, … Leia mais

Todas as cores da escuridão e um pouco de sangue

Nos últimos tempos, ando entusiasmado demais com um gênero muito específico de filmes: giallo. Não muitos conhecem essas obras do cinema italiano que até hoje têm um caráter duvidoso, sendo ridicularizadas por uns e exaltadas por outros. Os motivos para … Leia mais

Barba ensopada de sangue

Ao terminar a leitura de Barba ensopada de sangue me veio a cabeça os clássicos westerns de Sergio Leone. O diretor italiano montava quadros inesquecíveis, não apenas cenas ou sequências, quadros com detalhes ricos que vão de uma goteira a … Leia mais