Ficando Longe do Fato de Estar Perto Demais de Tudo

Para uma pessoa completamente desorganizada, eu, às vezes, aprecio uma certa ordem no mundo, alguma confluência de fatores, uma sensação leve de que, talvez, quem sabe, exista algum tipo de orquestração do universo. Por exemplo, eu gosto de festas temáticas. … Leia mais

Soy azar

Eu costumo avisar potenciais companheiros de viagem que tenho muito azar. Muito, muito azar. Que viajar comigo quase sempre significa dar de cara com uma guerra, ter que peregrinar por consulados, conhecer maníacos pelo caminho ou ter que dormir no … Leia mais

Antes de voltar, amortecer

Faz quinze dias que eu voltei para casa. Quinze dias que durmo na minha própria cama, alimento meus gatos, lavo minha louça e tenho que me preocupar com coisas tipo dar um jeito na vida, arranjar mais um emprego, tentar … Leia mais

Goethe 1 X 0 Borges

Na última terça-feira, aquele dia em que sete gols foram feitos, eu estava no bar do meu hostel em Praga cercada por adolescentes alemães em uma viagem da escola. Quando o jogo ainda era um mísero dois a zero, me … Leia mais

De um penhasco, eu me joguei

Eu tinha outro plano para esta coluna, eu tinha uma outra coluna quase toda na minha cabeça, mas hoje, quando sentei na beirinha de uma pedra muito alta e me preparei para saltar no mar aberto, pensei: “ok, eu vou … Leia mais

Tá tendo muita Copa na Bósnia

Então eu cruzei pro outro lado da Europa Em Budapeste, há sapatos na beira do Danúbio. Sapatos de homens, mulheres, um par de botinhas de criança, sapatos de salto, botas descosturadas, um único pé abandonado de uma sandália. Sapatos de … Leia mais

Como eu perdi meu passaporte?

Não entre em pânico. Lição que já me foi útil enquanto encarava os rótulos de um supermercado húngaro. Não entre em pânico. E não perca o passaporte, mas se perder, não entre em pânico. Don’t panic é a maior lição da … Leia mais

Museu da Inocência, o museu

Em março deste ano comprei passagens para Istambul. Como para qualquer viagem seguiu-se a clássica pesquisa de lugares para visitar e coisas para ver, o que, no caso da Turquia, significava palácios, igrejas, incontáveis mesquitas e um Museu da Inocência. … Leia mais

Um dado de lances: Viagem ao redor da minha viagem

Para esta estreia da minha coluna, “Um dado de lances” (nome improvisado, deu para notar), queria contar que anos atrás, quando ainda estava na graduação em Letras, pesquisei por um tempo sobre crônicas de viagem de Mario de Andrade e … Leia mais

Lembranças Culturais de Buenos Aires

Ano passado o Tiago fez uma lista de livros que estavam por vir e que não tinham tradução pelo país, logo em seguida a Kika viajou para Paris e trouxe algumas lembranças literárias da viagem dela. Na última semana de … Leia mais