Há algum tempo atrás eu escrevi aqui no Meia sobre um livro de Haruki Murakami, chamado ‘What I talk about when I talk about running: a memoir’. Eis que agora a Editora Alfaguara (do grupo Objetiva) o lança no Brasil sob o título ‘Do que eu falo quando eu falo de corrida: um relato pessoal’, traduzido do inglês por Cássio de Arantes Leite.

Como eu já havia dito, o livro é uma compilação de reflexões e de anotações de Murakami selecionadas por ele mesmo, de seus cadernos de corrida. Cria-se então algo bastante pessoal, tem-se a sensação quase que de uma conversa informal em que Murakami conta ao seu leitor não apenas sobre sua experiência em corridas, mas também sobre como isso afeta sua atividade literária.

O livro não se limita a falar sobre essa relação, no entanto. Murakami incluiu alguns relatos bastante interessantes sobre algumas maratonas- de como foi a sensação de falhar em alguns deles, inclusive- e de desafios auto-impostos, como quando decidiu fazer o trajeto da maratona lendária, por conta própria.

Quanto à tradução, está boa, mantendo o tom de conversa- apesar de eu geralmente achar que as versões em português das obras de Murakami tornam-se um tanto quanto pomposas ou formais demais, perdendo parte da coloquialidade que marca o estilo do autor nos originais em japonês e nas versões em inglês.

O fato, aliás, de o livro ter sido traduzido do inglês e não diretamente do japonês não chega a ser um problema: Murakami é amigo de Philip Gabriel, seu tradutor nos EUA, e o ajuda e supervisiona nas traduções, o que garante que mesmo longe de sua língua original os textos continuem carregando as intenções e marcas do autor.

Enfim, como eu já havia dito antes, é um livro excelente, essencial para fãs de Murakami ou para corredores- amadores ou não.

Do que eu falo quando eu falo de corrida

Autor: Haruki Murakami

Tradutor: Cássio de Arantes Leite

Editora: Alfaguara

Preço: R$ 29,90

Páginas: 150

DISCUTA O POST NO FORUM DO MEIA-PALAVRA

Saiba mais sobre essa e outras obras no site da Editora Objetiva