Revista de Literatura Arte e Letra: Estórias – Edição L.

em 13 de abril de 2011

Informações

  • Autor: Vários
  • Tradutor:
  • Editora: Arte&Letra
  • Páginas: -
  • Ano de Lançamento: 2011
  • Preço Sugerido: R$20,50

A editora Arte & Letra tem uma revista que reúne contos de diversos escritores, nacionais e internacionais, e se encontra na edição L: Revista de Literatura Arte e Letra – Estórias. Os exemplares anteriores trouxeram contos de Jack London, Enrique Vila-Matas, Philip Roth, Joca Terron, Thiago Tizzot, entre muitos outros. Esse número (ou letra) contém contos de Rodrigo Rosp, Antônio Xerxenesky, Rafael Bán Jacobsen, Daniela Langer, F. Scott Fitzgerald, Denis Diderot, Frank R. Stockton e Victor Hugo.

Toda a parte gráfica da revista é um chamativo à parte, da capa às ilustrações que seguem entre, antes e após cada conto, todas concebidas por Mariana Leme. Antes dos textos, há uma pequena biografia citando alguns dos principais trabalhos de cada escritor. O cuidado com as traduções é tamanho que cada história estrangeira tem seu próprio tradutor.

Entre os contos estrangeiros está O Estranho Caso de Benjamin Button, de F. Scott Fitzgerald – dentre tantos trabalhos notáveis está O Grande Gatsby -, que conta a história de Benjamin, nascido mais velho que seu pai (e também mais resmungão) e com o tempo vai rejuvenescendo. Esse conto serviu de inspiração para o filme de 2008 com Brad Pitt e dirigido por David Fincher. De Victor Hugo temos o conto Claude Gueux, sobre um pobre e faminto morador da cidade francesa de Troyes que para alimentar esposa e filho rouba um pão, acabando preso. Uma bela história sobre amizade, mas acima de tudo de intolerância, educação e justiça. Fecha o pacote de trabalhos estrangeiros os textos de Diderot e Frank R. Stockton.

Dos brasileiros temos Amanhã, Quando Acordar, de Antônio Xerxenesky (Areia nos Dentes), que conta a história de um jovem de dezenove anos e sua namorada de dezesseis na primeira viagem que fazem a sós para a virada do ano. Um relato sobre o amadurecimento, a ansiedade crescente com as mudanças imediatas e a inevitável queda no mundo solitário dos adultos amparado por livros de escritores solitários.

Outro que chama bastante atenção é A Última Noite, de Rodrigo Rosp (autor do livro de contos Fora do Lugar), que relata a conversa de dois amigos de longa data sobre questões existenciais como amor e morte. Assim como denunciado na minibiografia que antecede o texto, a história é inspirada em Woody Allen. O personagem principal, Alvin, é uma quase perfeita caricatura do cineasta nova-iorquino: ansioso, perturbado, histérico, irônico. Arriscaria a dizer que há bastante do longa A Última Noite de Boris Grushenko, filme em que o personagem do título enxerga a morte desde muito cedo e ansia em consumar um grande amor e uma grande aventura antes que a ela (a morte) o chame para dançar.

Se quiser saber sobre os outros contos, entre no site da Arte & Letra e descubra como adquirir essa revista que, com certeza, você não se arrependerá de ter em mãos.

Um comentário para “Revista de Literatura Arte e Letra: Estórias – Edição L.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.