Honra Teu Pai, do jornalista estado-unidense Gay Talese, é- como a própria capa diz- o primeiro relato não-ficcional sobre como a Máfia funciona, por dentro. Reduzir, porém, o livro a isso seria uma injustiça tremenda.

Primeiro porque foram sete anos de pesquisa intensa da parte de Talese- que chegou a tornar-se amigo pessoal de Salvatore (Bill) Bonanno (filho do chefe da família Bonanno, uma das mais poderosas facções do crime organizado nos anos 50 e 60)- e, além disso, porque o autor não se preocupa tanto em mostrar a parte criminal da coisa (apesar de o fazer com maestria), ele se foca nos seres humanos envolvidos.

Claro, os crimes estão presentes: trata-se, afinal, da narrativa da ascensão e da queda do império de Joseph Bonanno, mas popularmente conhecido como Joe Bananas. Joe foi um dos últimos grandes chefes à moda siciliana, cultivando virtudes como honra e gentileza ao mesmo tempo em que sentia profundo desprezo pelo governo e suas leis. As ambições de outros chefes e a pressão do FBI, porém, o levaram à perder sua posição.

Apesar de termos a história de Joseph contada em detalhes, não é nele que Talese põe seu foco, e sim em seu filho Bill. E na família de Bill: sua esposa Rosalie e seus filhos Charles, Joseph, Salvatore e Felippa- que obviamente não eram criminosos, mas cujas vidas foi profundamente marcada pelos feitos do pai e do avô.

Mudaram de cidade inúmeras vezes, viviam em um clima de perene tensão e viviam lado a lado com guarda-costas. Um trecho que demonstra isso de modo extremamente sutil e divertido- mas que, por outro lado, é preocupante- é quando as crianças aparecem brincando de casinha e um deles distribui os papéis, tomando para si o do guarda-costas.

Isso, por si só, já torna a história extremamente cativante, já nos leva a ter dificuldades em enxergar os criminosos como tal, eles parecem pessoas bastante afáveis, com as quais não seria desagradável travar amizade. Quando vemos os inúmeros julgamentos de Bill e de Joe Bonanno, é quase plausível desejar que sejam absolvidos.

O que, aliás, se justifica quando o ponto de vista deles é apresentado: todos os crimes deles dependem de uma contra-partida da população, já que sem apostadores não existiria loteria ilegal, sem maus pagadores os agiotas não teriam a quem emprestar dinheiro, e por aí afora.

Honra Teu Pai é uma obra ímpar, mas que tem todas as características pelas quais Talese é famoso: sua pesquisa minuciosa, seu estilo simples e sóbrio, mas cativante. Livro obrigatório para quem tem um interesse verdadeiro na fascinante organização que ficou conhecida como Máfia ou para quem simplesmente gosta de jornalismo literário.

Honra Teu Pai

Autor: Gay Talese

Tradução: Donaldson M. Garschagen

Editora: Companhia das Letras

Páginas: 512

Preço sugerido:R$ 55,00

DISCUTA O POST NO BLOG DO MEIA-PALAVRA

Saiba mais sobre essa e outras obras no site da Companhia das Letras