Filmar, verbo intransitivo: Juventude em Marcha, de Pedro Costa

Toda imagem é política. Toda opção estética é ideológica. Em um mundo onde política e velocidade tornaram-se sinônimos ((Para o tema, ver: VIRILIO, Paul. Velocidade e Política. São Paulo: Estação Liberdade, 1997. e SLOTERDIJK, Peter. A Mobilização Infinita: para uma … Leia mais

A preciosidade das imagens: São Bernardo (Leon Hirszman)

No princípio era o plano. Unidade básica eleita de uma nova arte em busca de diferenciar-se. Plano, bloco de sequências de imagens contínuas de duração temporal fixa. Encadeiam-se os planos de acordo com algumas regras simples para ludibriar nossos mecanismos … Leia mais

Pré-cinemas e pós-cinemas – Cowards Bend The Knee [ Canadá | 2003 ]

O cinema silencioso nos remete, em geral, às experimentações soviéticas e alemãs e às vanguardas experimentais do começo do século XX. As origens de um cinema cuja linguagem ainda se encontrava em formação. Hoje, contudo, diante da multiplicação das telas … Leia mais

O documentário como vontade de representação: Paralelo 10, de Silvio Da-Rin.

À primeira vista, o filme Paralelo 10 aparenta propor apenas um documentário antropológico clássico. Acompanhando o sertanista José Carlos Meirelles em uma expedição a uma pequena base Xinane da FUNAI, próxima ao Paralelo 10º Sul, oeste do Acre, somos confrontados … Leia mais

O filme por vir

Isto não é um filme [In film nist | Irã | 2011 ] Um filme sobre um filme que não foi. Nunca será. Jafar Panahi foi proibido pelas autoridades iranianas de filmar por um período de vinte anos. Os motivos … Leia mais

A internet é um campo de batalha: camerawar.tv

Um homem com uma câmera preenche a tela. Olhos colocados no viewfinder – câmera de vídeo – indicam o uso do aparelho como uma arma, uma potente ironia que remonta à máxima godardiana: “para ver é preciso filmar”. A tensão … Leia mais