Pela metade

Um livro que eu gostaria de indicar para todo mundo – mesmo para quem viu o filme inspirado nele e o detestou – é Cloud Atlas, de David Mitchell. Não escondo de ninguém – alias, já falei a respeito disso … Leia mais

5 formas criativas de fazer um bom romance durar mais

Uma verdade incontestável: tudo que é bom dura pouco. Sim, eu sei que Longe da árvore – aquele calhamaço maravilhoso de 1056 páginas, escrito por Andrew Solomon – vai demorar horrores para ser lido, mas o fato é que toda … Leia mais

Lemony Snicket no Brasil – Grandes esperanças (+sorteio!)

A frase que deu início aos textos do especial Lemony Snicket no Brasil aqui no Posfácio foi: “Houve um tempo em que toda a esperança parecia ter acabado para os fãs de Lemony Snicket no Brasil.”. Com o lançamento de … Leia mais

O ano da bandana

Um dos mais renomados escritores da literatura contemporânea estará na boca e nas prateleiras dos leitores do Brasil em 2013: David Foster Wallace. Nascido em Ithaca, no estado de Nova York, em 1962, formou-se em Língua Inglesa e Filosofia. Em … Leia mais

Síndrome Tolstói

Metas existem aos montes. Tarantino pratica um metacinema com referências saltando pela trilha sonora, pelo roteiro, pelos figurinos de seus personagens e até pelos seus nomes; Enrique Vila-Matas pratica a tal metaliteratura em seus personagens com nomes de escritores e … Leia mais

Arte e Letra: Estórias Q (Vários)

Full disclosure é, no jornalismo, o momento em que o escritor admite contato pessoal anterior com os sujeitos e/ou objetos sobre os quais escreve, o que pode sempre resultar em preconceito ou predisposição a gostar. É uma forma de alertar … Leia mais

Yes, nós temos Ulysses

Um lançamento concorrido Poucas vezes tinha visto um lançamento tão cheio em Curitiba. O lançamento de Muchacha, de Laerte Coutinho, foi bem concorrido – pudera, uma lenda viva entre nós. O de Muito além do nosso eu, de Miguel Nicolelis, … Leia mais

Gatos Empoleirados – Bloomear

Adoro bloomear pelas ruas da pauliceia chuvosa e nebulosa desde os minguados meses de junho e julho de 2009, quando encerrei a leitura de Ulysses. O motivo para começar a me interessar por James Joyce foi Os Infiltrados, de Martin Scorsese. … Leia mais

Um apanhado de James Joyce

por Caetano Waldrigues Galindo Dúvida? Então confere aí: 1. Quem é James Joyce? – O maior escritor depois de Shakespeare. 2. Quem foi que disse? – Eu. Mais um monte de gente. E até o Bloom, aquele, o Harold, o … Leia mais

A nova tradução do Ulysses de James Joyce

É bem provável que a primeira pergunta da maioria ao saber que em 2012 seria lançada uma nova tradução do Ulysses (1922), de James Joyce (1882-1941), foi: por que traduzir esse catatau mais uma vez? A obra-prima do autor irlandês … Leia mais

Gatos Empoleirados – O leitor é um fingidor

Ou quase. Passeando pelos blogs literários esses dias, cheguei até a Biblioteca de Raquel com um post muito interessante sobre os novos livros curtos e sobre o famoso “fingir que leu” catataus ou livros famosos. É divertido pensar porque muitas … Leia mais

James Joyce não é tão difícil

Ulisses, de James Joyce, é, talvez, uma das obras literárias mais famigeradas da modernidade. O livro é famoso como uma das obras venais do modernismo, não só na Irlanda, não só em língua inglesa, mas no mundo. Também é famoso … Leia mais