Entre amigos (Amós Oz)

O movimento Kibutznik foi, sem dúvida, a pedra fundamental da construção do Estado de Israel. Colônias agrícolas criadas a partir do trabalho árduo e da ideologia foram tão importantes quanto as guerras que garantiram a Israel sua independência e existência … Leia mais

10 outros (melhores) grandes inícios da literatura

NONADA. Nós sabemos que você sabe de cor quem é LO-LI-TA. Sabemos que as famílias são felizes igualmente e infelizes a sua maneira; e você, provavelmente, conhece Gregor Samsa, aquele jovem que um dia acordou de sonhos inquietos e vislumbrou … Leia mais

Trio do horror faz aniversário, Mia Couto e Amós Oz premiados e outros links

Temporada de prêmios mostra as caras. Depois de Lydia Davis faturar o Booker Prize, Amós Oz papa o Prêmio Franz Kafka 2013; A língua portuguesa não fica atrás e (gato) Mia Couto é laureado com o Prêmio Camões; Revista Fortune … Leia mais

De repente, nas profundezas do bosque (Amós Oz)

Já havia travado contato com a prosa de Amós Oz através da obra A caixa-preta, livro, aliás, que achei sensacional: muito bem escrito, muito consciente das potencialidades dos artifícios narrativos dos quais se vale e sensível em seu trato com … Leia mais

O monte do Mau Conselho (Amós Oz)

A história de Israel, o Estado, não é nem um pouco “misteriosa”. Após a sua criação os conflitos ganham destaques em manchetes internacionais sempre que possível – até mais do que os acordos de paz – e creio que muita … Leia mais

Gatos Empoleirados – Nada impede

Mês passado, no dia 14 de fevereiro, foi comemorado o Dia de São Valentim, que para outros países no mundo é o Dia dos Namorados. É nesse dia que faço bodas com a vida, e coincidentemente – ou não – … Leia mais

O Monte do Mau Conselho (Amós Oz)

Liev Tolstoy abre seu ‘Anna Karenina’ de um dos modos mais memoráveis de todos os tempos: ‘Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes o são cada uma a seu próprio modo’. Pelo menos três das incontáveis facetas que a … Leia mais

A caixa-preta (Amós Oz)

O Luciano é tão entusiasta do escritor israelense Amós Oz que eu fiquei curioso por conhecer a literatura dele e tive que ir conferir o porquê disso. Depois de ler A caixa-preta pude entender um pouco a razão de tal … Leia mais

Esquizofrenia Progressiva- Shana Tová

Pelo calendário hebraico, ontem foi dia vinte e quatro do mês de Elul do ano de cinco mil setecentos e setenta e um. Pelo calendário islâmico, a data foi vinte e cinco do mês de Shawwal do ano mil quatrocentos … Leia mais

Fima (Amós Oz)

Apesar de o hebraico ser o idioma oficial de Israel, até pouco tempo atrás o russo era o idioma mais falado no país. A influência russa é tão grande que até o dia de Pushkin (em homenagem ao escritor Alexander … Leia mais

Gatos Empoleirados – Quem indica amigo é!

Uma das tarefas mais árduas para alguém que lê com frequência é ter de indicar livros para leitores esporádicos. Aqueles amigos que lêem uns 3 ou 4 livros por ano. Não que seja um problema, cada um tem um ritmo … Leia mais

O narrador e o metapensamento

Toda vez que estou em um ônibus, trem, táxi ou caminhando pela rua mesmo, reparo nas minúcias das pessoas que dividem os mesmos espaços em pé, sentados e andando – e do nada uma voz melancólica (quase taciturna) narra o … Leia mais