A caverna contemporânea

Creio que a quantidade de resenhas dos livros do Saramago publicadas por mim aqui no Posfácio seja indício do quanto eu admiro a literatura do escritor português. Em cada uma das resenhas ressaltei alguma característica da escritura saramaguiana que me … Leia mais

José, por Pilar

O sotaque espanhol da jornalista Pilar del Río entrega aqui e ali, na forma de uma ou outra palavra na língua de Camões, o resultado de uma convivência de 22 anos com o escritor português José Saramago, falecido em junho … Leia mais

Saramago e a cisão da Europa

As histórias de Saramago são bem tresloucadas. Fico imaginando como elas surgiram em sua cabeça e como elas foram ponderadas e cotejadas até virem a se encarnar naquela prosa rebuscada e totalmente idiossincrática do escritor português. Deve ser um processo … Leia mais

Saramago, Pessoa e o diálogo histórico-literário

Até onde a obra literária dialoga com a história? Essa pergunta tem sido respondida de diversas – e antagônicas – formas de acordo com diferentes opiniões, pontos de vista, campos, tempos e ideias envolvidos. Há quem argumente que o escritor dialoga somente … Leia mais

Festival Varilux de Cinema Francês e outros links

Para todos que conhecem ou querem conhecer Bulgákov: O Mestre e Margarida numa animação de 2 minutos; Está chegando mais um Festival Varilux de Cinema Francês. Confira alguns destaques; Quando a literatura não é o bastante: empregos cotidianos dos poetas, … Leia mais

História do cerco de Lisboa (José Saramago)

Apesar de ser formado em História e de estar terminando meu mestrado na área, não costumo ler muitos romances históricos. Se eu fosse um pouco mais taxativo até diria que tenho um certo ranço com relação a romances históricos. Estou … Leia mais

Ensaio sobre a lucidez (José Saramago)

Em toda eleição um pensamento me vem à cabeça: e se as maioria dos eleitores resolvesse votar em branco? O que aconteceria? Eu nunca passei de algumas reflexões hipotéticas superficiais e meramente episódicas, já José Saramago foi mais longe: escreveu … Leia mais

As intermitências da morte (José Saramago)

E se, de uma hora para outra, as pessoas deixassem de morrer? O que aconteceria, a curto e longo prazo, nas instâncias mais estruturais e nas mais cotidianas, se a morte deixasse de pôr limites à vida das pessoas? Essa … Leia mais

A viagem do elefante (José Saramago)

Mesmo não tendo lido a maior parte da obra do escritor português José Saramago, ouso dizer que uma das melhores formas de adentrar no seu universo de temas, questões, abordagens e estilo é A viagem do elefante. O romance (ou … Leia mais

Levantado do chão (José Saramago)

Levantado do chão, romance de 1980, é considerado o primeiro em que o estilo tipicamente saramaguiano de narrar se consolida, e foi publicado quando o escritor português já contava 58 anos. A caminhada rumo à consolidação estilística e de temas, … Leia mais

O homem duplicado (José Saramago)

O que você faria se descobrisse, ao assistir um filme, que existe uma pessoa que é sua cópia perfeita? Como reagiria e de qual forma se comportaria diante desse fato insólito? Essa é a premissa de O homem duplicado, romance … Leia mais

Caim (José Saramago)

Depois de ter experimentado o sarcasmo ácido de Saramago em relação ao cristianismo em Ensaio sobre a cegueira e Memorial do convento – ainda que de forma relativamente velada – imaginei que Caim, romance publicado em 2009, com sua referência … Leia mais