Robinson Crusoé, de Daniel Defoe

Dando sequência ao especial “Mês dos clássicos”, debrucemo-nos hoje sobre uma obra que é tida como uma das pioneiras do romance moderno: Robinson Crusoé, do escritor inglês Daniel Defoe (1660-1731). O livro, publicado em 1719, encontra-se naquele conjunto de obras … Leia mais

Tempos Difíceis

É muito provável que nenhum escritor tenha criado um acervo tão grande de histórias tristes e personagens detestáveis quanto Charles Dickens. Antes de abrir um livro dele é preciso se preparar para órfãos mal tratados, amores trágicos e a certeza … Leia mais

Impressões sobre a poesia de W. H. Auden

O britânico W. H. Auden é sempre referido como um dos grandes nomes da poesia do século XX, porém acredito ser desconhecido ainda em terras brasileiras. O motivo é o mesmo pelo qual a maioria dos autores não é lido … Leia mais

Tudo acontece quando nada parece acontecer

Tenho uma predileção por livros em que, aparentemente, nada acontece. São só personagens andando para lá ou para cá, às vezes nem isso. Um livro pode se passar inteiramente em uma sala, em um sofá, em uma cama – como … Leia mais

The Caretaker, Harold Pinter

Infelizmente, Harold Pinter não é muito traduzido no Brasil. A versão mais célebre, e creio que por razões justas, continua sendo a tradução de Millôr para a peça The Homecoming (Volta ao Lar), em que todo um debate foi instaurado … Leia mais

Do que eu falo quando eu falo de Cloud Atlas

Já há alguns meses eu gostaria de falar sobre um livro, mas… quem disse que estava conseguindo? Só de pensar que estou prestes a fazer justamente isso, minha mente já pensa em 1537 formas de me sabotar, fazendo-me lembrar de … Leia mais

Crash! (J.G. Ballard)

Como eu já havia escrito anteriormente – na resenha de História do cerco de Lisboa –, subversão por subversão, ou ser subversivo simplesmente por ser subversivo, não faz uma grande obra. É preciso ser mais que subversivo. É preciso encarar a … Leia mais

O sentido de um fim

Quanto mais lembramos mais esquecemos. A lembrança me engana diversas vezes, a minha memória não é a mesma de três anos atrás e definitivamente não é a mesma de dez anos atrás, não por um problema genético, mas por um … Leia mais

Uma outra perspectiva

Se fosse descrever a subjetividade, uma pessoa poderia evocar a imagem das conhecidas caixinhas mentais — as simplórias caixinhas a partir das quais tem início o processo de filtragem e catalogação da quantidade absurda de informações recebidas diariamente. Não é como se … Leia mais

Cloud Atlas (David Mitchell)

No final deste mês irá estrear, nos Estados Unidos, a adaptação cinematográfica de Cloud Atlas, uma das principais apostas deste ano em termos de orçamentos milionários (as estimativas falam em 100 milhões de dólares), com direção dos irmãos Wachowski e … Leia mais

Profissões para mulheres e outros artigos feministas (Virginia Woolf)

Virginia Woolf é frequentemente tida como referência quando as pessoas falam de “escritoras mulheres”. Para muitas pessoas, aliás, seu gênero parece ser a parte mais fundamental de sua escrita: não é tanto a qualidade de Mrs. Dalloway, de To the … Leia mais

Serena (Ian McEwan)

O escritor britânico Ian McEwan estará hoje (07/07) às 12h na mesa 12 aqui da Flip. O intuito da visita, além do bate-papo, é para o lançamento mundial, e exclusivo no Brasil, de Serena. Ganhador do Booker Prize por Amsterdã, … Leia mais