A tristeza do palhaço

Que ano nefasto esse 2014. Que ano sombrio, especialmente às artes, em que as mortes sucedem-se como os dias e a tristeza por um já se torna tristeza por outros, antes mesmo de as lágrimas secarem. Na Literatura, Suassuna, Rubem … Leia mais

Crítica: ‘Instinto Materno’ – você sabe com quem está falando?!

Existem nomes que parecem definidores de caráter, Cornelia é um deles e pode ser associado a força, poder e certo perigo. Suas possuidoras já foram imperatrizes, uma foi casada com o próprio Júlio César e outra era Africana de sobrenome. … Leia mais

As últimas batidas do coração

“A morte é um processo resultante de uma cadeia de eventos mal conhecidos, de início incerto e duração imprevisível.” (p. 73) Dizem que médicos têm a capacidade de desenvolver notáveis habilidades literárias. Arthur Conan Doyle, Guimarães Rosa, Moacyr Scliar e … Leia mais

As intermitências da morte (José Saramago)

E se, de uma hora para outra, as pessoas deixassem de morrer? O que aconteceria, a curto e longo prazo, nas instâncias mais estruturais e nas mais cotidianas, se a morte deixasse de pôr limites à vida das pessoas? Essa … Leia mais

Patrimônio – Uma história real (Philip Roth)

Conhecia Philip Roth de Nêmesis, um livro do qual me lembro de ter gostado. Depois de Patrimônio, fiquei ainda mais afim de ler mais livros dele, tanto que O complexo de Portnoy já foi resgatado da masmorra dos armários, teve … Leia mais

A morte do ‘Primeiro Homem’

No último dia 4 completaram-se 50 anos da morte do escritor franco-argelino Albert Camus. Foi em 4 de Janeiro de 1960, exatamente às 13h55 que um acidente de carro fez com que ‘O Primeiro Homem’ ficasse incompleto: Camus escrevia seu … Leia mais