Crítica: Antes de Dormir

Filmes de gênero operam através de um contrato implícito com seu público, confirmando e subvertendo expectativas relacionadas ao gênero em questão. Muitas dessas convenções estão diretamente ligadas a implausibilidades características: monstros em filmes de terror ocasionalmente parecem ter a habilidade … Leia mais

Crítica: O Amor é Estranho

Algo óbvio: a parcela LGBT da população é vergonhosamente mal representada no cinema, especialmente em Hollywood. Homens gays e pessoas trans frequentemente cumprem a função de alívio cômico como meras caricaturas ridículas; lésbicas e mulheres bi aparecem em uma quantidade … Leia mais

Crítica: As Duas Faces de Janeiro

Os romances de Patricia Highsmith já foram adaptados diversas vezes para o cinema, as instâncias mais notáveis sendo provavelmente Pacto Sinistro e O Talentoso Ripley. As Duas Faces de Janeiro é a estreia na direção de Hossein Amini, o roteirista … Leia mais

“Coloratura” e as possibilidades da ficção interativa

Aviso: o texto a seguir é sobre um game. Peço que, se factível, possíveis preconceitos sejam deixados provisoriamente de lado, pois não se trata de um jogo “tradicional”. Não há qualquer tentativa de testar seus reflexos ao pular em cima … Leia mais

Mostra de SP: Dia 12

Dia 12: C’est fini. It’s over. Es ist vorbei. Vi dois brasileiros, dois russos, cinco franceses, dois argentinos, dois suecos, um chinês, um italiano, um turco, um georgiano etc, mas a coisa mais diferente, de longe, foi americana. A seguir, … Leia mais

Mostra de SP: Jauja (Lisandro Alonso)

Dia 11: Há algo de podre no reino da Patagônia. Estamos chegando ao fim dessa epopéia. Se teve alguma coisa para conectar tudo que eu vi nessa Mostra, talvez sejam as forças da natureza. Nuvens, avalanches, desertos, rios, mares e … Leia mais

Mostra de SP: Dia 10

Dia 10: Pombos e abelhas.   A fadiga cinematográfica está começando a se instalar. Depois de um tempo vendo filmes todo dia, às vezes vários seguidos, o cérebro começa a pregar peças. Eu realmente vi um soldado do século XVII … Leia mais

Mostra de SP: Dia 9.1

Dia 9: De Paris a Havana Ou “o dia em que Laurent Cantet me informou do resultado das eleições.” Infelizmente, isso foi a coisa mais interessante que aconteceu durante todo o período que passei dentro do Reserva Cultural para as … Leia mais

Mostra de SP: Dia 8

Dia 8: Amores Apáticos A Mostra às vezes é um martírio, então eu gostaria de agradecer aos realizadores dos filmes de hoje por não esticarem as coisas além do necessário. Blind Dates (Levan Koguashvili, 2013) é um dos poucos longas … Leia mais

Mostra de SP: As Noites Brancas do Carteiro (Andrey Konchalovskiy)

Dia 7: Mais noites brancas e mais vodca.   A primeira imagem de As Noites Brancas do Carteiro (Andrey Konchalovskiy, 2014) mostra duas mãos masculinas (a direita sem a primeira falange do polegar) manipulando várias fotos e falando sobre as … Leia mais

Mostra de SP: Dia 6.1

Dia 6: Dilemas, dragões e docuficção. Depois da experiência de ontem, foi bom inaugurar o dia hoje com um filme de gênero em que as coisas acontecem em um esquema de causa e consequência facilmente digerível. Confesso que parte da … Leia mais

Mostra de SP: Dia 5

Dia 5: Diálogosdiálogosdiálogosdiálogosdiálogosdiálogos Tinha que acontecer, mais cedo ou mais tarde. Noites Brancas no Píer (Paul Vecchiali, 2014) parece uma paródia de filmes de festival: planos estáticos, atuações mecânicas, mise en scène minimalista, diálogos intermináveis declamados por atores que frequentemente … Leia mais