Os Karas estão de volta, Benicio del Toro com Paul Thomas Anderson e outros links

Murakami só para raros: o escritor deu o ar da graça para falar sobre seu processo criativo em uma universidade; Benicio del Toro assemble com Joaquin Phoenix, o diretor Paul Thomas Anderson e Thomas Pynchon (em espírito, não porque está … Leia mais

Literatura do jovem suicida

Vamos dizer que é compreensível que uma pessoa que tenha passado por um grande trauma se mate. Por grande trauma quero dizer: ter vivido um momento de violação física e psicológica infringido por outros, nela mesma ou vista por ela … Leia mais

Fãs viram a noite por Murakami, 60 anos de Casino Royale e outros links

Fãs de Murakami correm para ler O Descolorido Tsukuru Tazaki (nome provisório); Os 60 anos de Casino Royale contados através das suas capas; Lista do dia: 10 romances sobre a Índia; Fãs de Harry Potter não desistem jamais: busca por … Leia mais

Rashomon e outros 17 contos

Ryūnosuke Akutagawa, que viveu entre 1892 e 1927, é um dos escritores mais importantes e renomados do Japão, a ponto de Haruki Murakami se referir a ele como um dos autores nacionais do país. No entanto, Akutagawa me era totalmente … Leia mais

Do que eu falo quando falo de livros

Como eu citei algumas vezes em colunas e artigos: eu tenho muito medo de indicar livros para as pessoas. “Você vai gostar desse” é uma sentença muito forte, pois carrega a certeza de que você conhece aquele leitor. É diferente … Leia mais

Histórias e Estórias – O Japão de Kawabata e o de Murakami

Fico pensando que tipo de comparações poderiam ser feitas entre as obras Yasunari Kawabata e Haruki Murakami. Não estou falando em questões de estética e de estilo, necessariamente, mas de tratamento de temas, de questões, de abordagem, de personagens etc. … Leia mais

Do que eu falo quando falo de corrida (Haruki Murakami)

Ultimamente tenho descoberto verdadeiras pérolas em escritos que há algum tempo  evitava a todo o custo. Sou um leitor inveterado de romances, procurei sempre prezar pela leitura deles, e faço abertamente minha mea culpa de praticamente não ler poesia. Foi, … Leia mais

Caçando carneiros (Haruki Murakami)

Ainda não dediquei tempo à leitura da fortuna crítica a respeito do escritor japonês Haruki Murakami, mas aposto – com um bom grau de certeza, penso – que suas novelas devem ser divididas em alguns tipos. Os dois principais seriam … Leia mais

Norwegian Wood (Haruki Murakami)

A juventude é, talvez, a parte da vida em que as pessoas mais conscientemente sentem estarem vivas. A vida é uma força aparentemente inesgotável. Tanto que já é parte do senso comum falar sobre como os jovens costumam se sentir … Leia mais

Minha querida Sputnik (Haruki Murakami)

Por um pequeno momento na vida, pode ter sido único ou ter-se repetido inúmeras vezes, uma pessoa se sente só. Se sente consumida pela solidão, como se uma inércia a puxasse para longe mesmo nos lugares mais lotados – cercada … Leia mais

1Q84 (Haruki Murakami) – Parte II

Se você perdeu a primeira parte, é aconselhável lê-la. Você pode fazê-lo aqui. A forma como Murakami consegue agarrar tantos fios para enfeixá-los em uma trama coesa (que consiga minimamente estabelecer ligações entre as duas tramas semi-paralelas que se desenvolvem … Leia mais

1Q84 (Haruki Murakami) – Parte I

Haruki Murakami é um dos principais nomes cotados para ser galardoado com o Nobel de Literatura, tanto que nesse ano mesmo ele chegou a estar entre os três favoritos nas tradicionais casas de apostas inglesas. Mesmo não tendo sido premiado … Leia mais