Cartas de Babel

Como todo ser humano mais ou menos razoável, de tempos em tempos eu tenho dúvidas a respeito daquilo que faço. Por vezes me pego questionando pra que passar tanto tempo debruçado sobre textos que – possivelmente – não interessam ninguém. … Leia mais

Cartas de Babel

Uma das citações a respeito de tradução da qual eu mais gosto, é uma da teórica feminista Gayatri Chakravorty Spivak, se não me engano de um ensaio entitulado The Politics of Translation, no qual ela escreve que a tradução é … Leia mais

Cartas de Babel

Se existe algo que se assemelhe a um mito fundador da tradução é a história da Torre de Babel: a menção bíblica a uma torre que foi construída tão alta que D’us resolveu não permitir que fosse completada, descendo para … Leia mais

Deus amado, de novo o mal!

Eu gosto de literatura russa. Já houve um tempo em que eu diria “minha literatura favorita é a literatura russa” – como se fosse possível existir uma preferência assim, delimitada. O fato é que o primeiro escritor mais complexo e … Leia mais

Notas de rodapé

Tal como no “Previously on…” que inicia os episódios de muitos seriados, o primeiro parágrafo visa indicar o que você precisa ter na cabeça antes da leitura: você precisa ter lido uma das últimas colunas da Vanessa Barbara para o Blog … Leia mais

Yes, nós temos Ulysses

Um lançamento concorrido Poucas vezes tinha visto um lançamento tão cheio em Curitiba. O lançamento de Muchacha, de Laerte Coutinho, foi bem concorrido – pudera, uma lenda viva entre nós. O de Muito além do nosso eu, de Miguel Nicolelis, … Leia mais

Pomes Penyeach (James Joyce)

Assim como Música de câmara (Chamber Music), os Pomes Penyeach (1927) são uma amostra da poesia, o outro lado menos conhecido de James Joyce, famoso por suas obras em prosa. O que temos em seus poemas não está longe do … Leia mais

A nova tradução do Ulysses de James Joyce

É bem provável que a primeira pergunta da maioria ao saber que em 2012 seria lançada uma nova tradução do Ulysses (1922), de James Joyce (1882-1941), foi: por que traduzir esse catatau mais uma vez? A obra-prima do autor irlandês … Leia mais

A conquista da América: A questão do outro (Tzevtan Todorov)

Alguns livros são realmente difíceis de encaixar em alguma categoria. Não que isso seja estritamente necessário, mas às vezes – como na hora de organizar as estantes de uma livraria ou biblioteca, ou de criar tags para uma resenha – … Leia mais

Esquizofrenia Progressiva – sobre os muitos idiomas

I Certa vez listei meus problemas com a língua francesa. Uma relação um tanto neurótica com uma língua influente, confesso. E um tanto exagerada: não posso, afinal, deixar de reconhecer que Rimbaud e Mallarmé foram excelentes poetas. E que existem … Leia mais

O corvo e suas traduções (Ivo Barroso)

É fato indiscutível que O corvo, de Edgar Allan Poe, é um dos mais famosos poemas já escritos. Mesmo quem não gosta de poesia tem uma vaga noção a seu respeito, dada a maneira como seus versos penetraram a cultura popular: … Leia mais

Poemas de Tomas Tranströmer

Ontem foi anunciado o vencedor  prêmio Nobel de literatura desse ano, que foi o poeta sueco Tomas Tranströmer. Praticamente desconhecido no Brasil, ele é um dos maiores nomes da literatura sueca contemporânea, tendo sido extensamente traduzido para boa parte dos … Leia mais