Crítica: Cinquenta Tons de Cinza

O cinema sempre é, de certa forma, uma arte de sedução. Construir um filme é manipular o espectador, envolvê-lo, convencê-lo a aceitar sua história, a levá-la pra casa, dormir com ela, guardá-la na memória. O que torna um filme memorável … Leia mais

Alienistas alienados

Antes de tudo, queria deixar claro: eu não li O alienista. Na verdade, conheci Machado de Assis aos 16 anos depois de ler Dom Casmurro. Não foi tarefa tão árdua: venho de uma família que sempre me estimulou a ler … Leia mais

Manual de observação de balões

Durante minha breve trajetória como tradutor de patentes, me deparei com algumas invenções interessantes: controles de radiação, moldes de almôndegas que asseguram a forma final do produto, um sistema de controle remoto de máquina de lavar roupa. Nada, no entanto, … Leia mais

Crítica: Anna Karenina

Nos últimos anos Joe Wright vem construindo sua carreira em cima de adaptações literárias. O cineasta filmou (com maior ou menor sucesso) Orgulho e Preconceito, Reparação e agora Anna Karenina, todos eles estrelados por Keira Knightley.​ Anna Karenina impõe, antes de … Leia mais

Barba ensopada de sangue

Ao terminar a leitura de Barba ensopada de sangue me veio a cabeça os clássicos westerns de Sergio Leone. O diretor italiano montava quadros inesquecíveis, não apenas cenas ou sequências, quadros com detalhes ricos que vão de uma goteira a … Leia mais

A preciosidade das imagens: São Bernardo (Leon Hirszman)

No princípio era o plano. Unidade básica eleita de uma nova arte em busca de diferenciar-se. Plano, bloco de sequências de imagens contínuas de duração temporal fixa. Encadeiam-se os planos de acordo com algumas regras simples para ludibriar nossos mecanismos … Leia mais

O Hobbit: cinco efeitos especiais que marcarão época

Das grandes adaptações de livros que chegarão ao cinema agora em 2012, uma das mais esperadas é certamente O Hobbit. E é certo que grande parte da ansiedade dos fãs se dá principalmente pelo fato de que o filme será … Leia mais

Se eu já vi o filme, por que eu deveria ler o livro? – A fantástica fábrica de chocolate, de Roald Dahl

(A coluna desse mês pede uma alteração provisória no título para “Se eu já vi os filmes, etc.”: em português, ambas as adaptações foram intituladas A fantástica fábrica de chocolate, mesmo título da tradução do livro. Em inglês, a adaptação … Leia mais

Se eu vi o filme, por que eu deveria ler o livro? – Peixe Grande, de Daniel Wallace

Fã que sou de Tim Burton, não pude deixar de pegar emprestado o exemplar de Peixe Grande, de Daniel Wallace, que vi na biblioteca em que passava. O filme era tão Burton-em-sua-melhor-forma (ao menos o considerei assim) que não tinha … Leia mais

Natimorto (Paulo Machline, Brasil, 2009)

Após quase dois anos da exibição no Festival do Rio, Natimorto, filme de Paulo Machline adaptado do romance escrito em 2004 por Lourenço Mutarelli, chega às telas do país em abril. Mutarelli interpreta (sim, ele é o ator principal) um … Leia mais

Diário de uma paixão

Nicholas Sparks é um escritor contemporâneo, tipicamente americano, carregado de valores trazidos pelos puritanos ainda na colonização dos EUA. A propaganda feita do escritor é aquela imagem que o americano tende sempre a valorizar, sólidos valores familiares, belos filhos e … Leia mais

Harry Potter nos cinemas – Parte 3

Chegamos à última parte do artigo sobre os Filmes de Harry Potter nos Cinemas. Agora, falando dos quatro últimos filmes (e três últimos livros), “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, “Harry Potter e Enigma do Príncipe” e o tão … Leia mais