#leiascifi2015 – A mão esquerda da escuridao #4

Pela primeira vez em nosso clube de leitura saímos do planeta1. Já estava na hora, não? Se com a obra de China Miéville cogitamos estar lendo uma narrativa com seres alienígenas – afinal, os poderes da Brecha eram originários de … Leia mais

#leiascifi2015 – A mão esquerda da escuridao #2 e #3

(Este texto continua a discussão de A mão esquerda da escuridão e aborda os capítulos 6 a 15. Leia também a Parte #1.) 62 palavras para a neve Ler A mão esquerda da escuridão me faz pensar que todo livro deveria … Leia mais

#LeiaSciFi2015 A Mão Esquerda da Escuridão

Abrir o livro de Ursula K. Le Guin, disponível para os brasileiros numa belíssima edição da Editora Aleph, é mergulhar num mundo fantástico muito maior do que 292 páginas poderiam dar conta. De certa forma, a história que temos diante … Leia mais

Santa Strauss

“Não é todos os dias que o etnólogo encontra uma ocasião tão propícia para observar, em sua própria sociedade, o crescimento súbito de um rito, e até de um culto. – p. 11” O Natal já passou, mas, de fato, … Leia mais

A implacável realidade da nação imaginada

O que permite identificar um brasileiro em detrimento de um francês? O que faz um dinamarquês diferente de um mongol? O que define um egípcio? Foram perguntas como essas que motivaram uma grupo bastante numeroso de pesquisadores a buscarem respostas … Leia mais

A sociedade contra o Estado (Pierre Clastres)

Um aspecto da constituição das sociedades vinha sendo usado muito categoricamente como parâmetro para separá-las em dois tipos: a existência ou não de um Estado. No campo da Antropologia esse pressuposto foi aceito durante algum tempo, mas ficou difícil fazê-lo … Leia mais

A cidade no Brasil (Antônio Risério)

De acordo com a Wikipédia (que, por sua vez, cita o IBGE), mais de oitenta por cento da população brasileira vive em cidades. Só isso já é suficiente para dar relevância a A cidade no Brasil, livro do antropólogo e … Leia mais

A conquista da América: A questão do outro (Tzevtan Todorov)

Alguns livros são realmente difíceis de encaixar em alguma categoria. Não que isso seja estritamente necessário, mas às vezes – como na hora de organizar as estantes de uma livraria ou biblioteca, ou de criar tags para uma resenha – … Leia mais

Nove noites (Bernardo Carvalho)

É preciso que eu faça uma mea culpa de antemão: como o Tauil me alertou esses dias pelo Twitter, há pouquíssimos autores brasileiros no meu censo literário de 2011. Dediquei consideráveis tempo e esforços na literatura norte-americana nesse ano, principalmente … Leia mais

Gatos Empoleirados – São Judas Tadeu

Meu curso acabou na sexta-feira, dia 28/10 (coincidência ou não, é aniversário do meu pai – coincidência ou sim, ele estaria há duas horas de NY em um lugar chamado Hartford), com apresentação de “gala” do último filme de cada … Leia mais