Eles só veem camelos: o colonialismo na ficção

Imagino o que diriam os marcianos se pudessem ter acesso a tudo o que foi escrito a seu respeito nos livros de ficção científica. Provavelmente discordariam de Edgar Rice Burroughs, se não ao todo, ao menos quanto à “raça verde” … Leia mais

A literatura argentina e as editoras independentes

Pra quem já sabe, existem filmes insatisfatórios realizados com a obra de Ernesto Sábato, Jorge Luis Borges e Aldofo Bioy Casares, os quais apesar disso são os escritores argentinos mais reconhecidos no estrangeiro – vale a pena dedicar horas de … Leia mais

“O Brasil não é conhecido por sua literatura no resto do mundo” e outros links

“O Brasil não é conhecido por sua literatura no resto do mundo”, afirma Liz Calder, fundadora da Flip; Por falar em Flip, não se esqueçam que estaremos lá com força total na Casa Posfácio; Empilhar livros é uma arte;

Penguin lança novo aplicativo, Prêmio Portugal Telecom e outros links

André Mattos fala sobre livros que influenciam suas composições; Matt Smith não será mais o Dr. A BBC One busca o 12 Who começa; O sindicato dos roteirista elegeu Família Soprano como a série mais bem escrita de todos os … Leia mais

Melhores Leituras de 2012 II

No dia da estreia do nosso sítio colocamos as melhores leituras por escritores, editores, jornalistas, entre outros convidados. A única regra era escrever um parágrafo sobre a melhor leitura no ano de 2012, não era necessário ser lançamento tampouco um … Leia mais

O duplo

Meu telefone tocou e antes do meu “alô” a pessoa na outra linha desembestou a falar: “Felippe, é a Tati do Cultura Livre. Você recebeu meu e-mail, certo?”. Espantado por deixar um e-mail de trabalho passar batido, e assombrado pela … Leia mais

História universal da infâmia (Jorge Luis Borges)

Acho fantástico como Jorge Luis Borges consegue construir todo um mistério somente insinuando coisas e dando espaço para que o leitor construa o resto. Ele sugere – com um timing magnífico, que sabe quando avançar e quando parar -, deixa … Leia mais

Formas Breves (Ricardo Piglia)

De certa forma, ler Formas Breves, do argentino Ricardo Piglia, foi uma decepção. Eu já tinha lido um dos textos do livro, “Teses sobre o conto”, e esperava que o tom fosse mais ou menos o mesmo: teoria literária bem … Leia mais

Historia universal de la infamia (Jorge Luis Borges)

O realismo mágico é uma das correntes literárias mais famosas de todos os tempos. É, também, inequivocamente associada à América Latina e, em especial, ao escritor argentino Jorge Luis Borges. Pois que Angel Flores, o primeiro a utilizar o termo, … Leia mais

Nove ensaios dantescos & a memória de Shakespeare (Jorge Luis Borges)

Após ler Consider the lobster, de David Foster Wallace, pensei que nunca mais gostaria de ler outros ensaios. Não que o texto do escritor morto em 2008 não fossem bons, eles são excelentes. Irônicos, divertidos e informativos com as imensas notas … Leia mais

Histórias e Estórias – Lições Borgeanas de História e Historiografia – Parte III

Essa é a terceira e última parte das Lições Borgeanas de História e Historiografia. Se você perdeu as duas primeiras partes, pode encontrá-las aqui e aqui. A lição presente se dá em torno do conto Funes, o Memorioso, que integra … Leia mais

Histórias e Estórias – Lições Borgeanas de História e Historiografia – Parte II

Dando continuidade às lições borgeanas sobre História e Historiografia, me utilizo do conto A Aproximação a Almotásim como escopo para mais uma reflexão sobre a “natureza” histórica da humanidade e as implicações dessa a historiografia enquanto ciência e enquanto saber, … Leia mais