Monsieur Pain (Roberto Bolaño)

Há uma estranha sensação ao começar a folhear Monsieur Pain, de Roberto Bolaño, lançado pela Companhia das Letras em julho. A familiaridade com a obra do escritor chileno se perde nesse labirinto investigativo e ocultista – o que é uma … Leia mais

Livros de Roberto Bolaño

Roberto Bolaño nasceu em Santiago no dia 28 de abril de 1953 e faleceu em 15 de julho de 2003.  Entre suas principais obras estão Putas Assassinas, Amuleto, A Pista de Gelo, Os detetives selvagens e o póstumo 2666 – … Leia mais

Putas Assassinas (Roberto Bolaño)

Um homem fala sobre os filmes pornográficos de vanguarda dos quais sua mãe participou- incluse enquanto estava grávida dele. Um exilado chileno vivendo no underground homossexual indiano. Um homem relatando como é estar morto e que, depois da morte, sofre … Leia mais

Gatos Empoleirados – Tamanho é documento?

No mês passado, Woody Allen deu uma entrevista ao The Guardian sobre seu top 5 de livros favoritos. A notícia tomou conta do Twitter pelas bandas tupiniquins justamente pelo curioso número cinco da lista do diretor norte-americano: Memórias Póstumas de … Leia mais

Estrela distante (Roberto Bolaño)

Adentrei no universo “bolañesco” através das sendas desconhecidas de Estrela distante, tão curioso quanto temeroso, já que avançava sob a sombra do monstro da expectativa. Porém, como o Pips acertadamente me disse, Bolaño é um monstro bem maior que a expectativa.

Gatos Empoleirados – Quem cita o citador?

No metrô de São Paulo existe uma televisão “interna”, chamada TV Minuto, que passa programetes de 15 ou 30 segundos sobre assuntos gerais como: lugares para visitar na cidade, monumentos, eventos culturais e notícias. Contudo, outro dia passou algo bem … Leia mais

Curso sobre Roberto Bolaño

O escritor chileno Roberto Bolaño já foi chamado pela imprensa americana de ‘Harry Potter intelectual‘, devido ao seu sucesso de vendas naquele país- e pelo sucesso acadêmico de sua obra. O mesmo fenômeno se repete no Brasil. Bolaño nasceu em … Leia mais

A poesia de Roberto Bolaño

Não sei o que o escritor chileno Roberto Bolaño pensaria a respeito de todo o frisson que existe ao seu redor. Pela natureza de sua obra- com todo o conteúdo que vai contra o estabilishment literário- acho que talvez ele … Leia mais

O Terceiro Reich (Roberto Bolaño)

Lembro que após ler Cem anos de solidão, reli o prefácio – que não dei atenção na primeira lida– e encontrei algo interessante frisado por Rinaldo Gama ao falar sobre uma citação de Gabriel García Márquez. De acordo com Gama, … Leia mais

Llamadas Telefónicas (Roberto Bolaño)

No universo onde o arquiteto é o escritor chileno Roberto Bolaño não há limites. Seus personagens, espaços, obsessões e manias estão presentes no, ainda inédito no Brasil, “Llamadas Telefónicas” que surge para costurar situações e personagens conhecidas para quem leu … Leia mais

Um guia pela selva de livros e sangue do universo de Bolaño

Se há algo de indiscutível acerca de Roberto Bolaño, é o fato de que ele se tornou um fenômeno. Dá para fazer o incômodo teste de perguntar para a intelligentsia literária se eles já leram o escritor chileno. A maioria … Leia mais

2666 (Roberto Bolaño)

O ano de 2010 foi o ano de Roberto Bolaño no Brasil. Apesar de ter alguns livros já lançados em território tupiniquim, dentre eles Estrela Distante, Noturno do Chile, Os Detetives Selvagens, Putas Assassinas, Amuleto, foi em 2010 que chegou … Leia mais