Uma antologia de Murilo Mendes só não basta

Gosto muito de Murilo Mendes. Talvez seja, na minha opinião, um dos poetas do país menos elogiados do que deveria ser. É claro que, em parte, digo isso porque gosto desse poeta mineiro, de Juiz de Fora, até mais do … Leia mais

Me segura qu’eu vou te falar do Waly

É estranho alguém dizer que apenas leu Waly Salomão, não é? A impressão é que o poeta baiano parece ser poeta até mesmo fora dos livros. Pessoalmente, conheci Waly primeiro pelo nome, sempre citado como exemplo desse termo guarda-chuva que … Leia mais

Em busca da poesia da estabilidade

É engraçado imaginar o que vamos pensar quando ficarmos mais velhos, tanto para jovens quanto para idosos. Acredito que grandes mudanças não acontecem só entre os 20 e os 50 anos, mas também entre os 60 e os 80, por … Leia mais

O panfletário do caos da invenção da poesia

Em um dos vários textos escritos a respeito de Invenção de Orfeu (1952), Murilo Mendes nos conta sua relação pessoal com a obra do alagoano Jorge de Lima, aproximação de amigo e admiração de poeta. Relatos da discussão sobre o … Leia mais

Não fosse isso e era todo um Leminski

Difícil falar de Leminski sem falar de sua persona. O mesmo drama aqui relatado sobre Ana Cristina Cesar, mas pior. É fato que Paulo Leminski (1944-1989) é conhecido por sua marginalidade, por sua boemia, por sua poesia que cativa até … Leia mais

Ana Cristina Cesar, com direito à panorâmica

Fala-se sempre de Ana Cristina Cesar, Ana Cristina, Ana C. por aí. Nem sempre se fala da poeta em sua completude, com base em sua obra por inteiro. Há boas razões para isso: a falta de circulação de seus livros, … Leia mais

Você gosta de poesia?

Aparentemente, a pergunta é das mais temidas em festas literárias como a Flip. Você está à procura de um lugar para almoçar rapidinho antes de um evento, quando um cidadão brota das pedras irregulares do calçamento e tasca a bendita … Leia mais

Entrevista com Fabrício Corsaletti sobre Quadras Paulistanas

Recentemente, Fabrício Corsaletti, residente em São Paulo, lançou pela Companhia das Letras seu livro Quadras paulistanas juntamente com Andrés Sandoval, responsável pelas ilustrações da obra. O poeta é também autor de Esquimó (2010), que contém poemas de forma e temática … Leia mais

Esquimó (Fabrício Corsaletti)

Quando tentamos escrever sobre poesia, às vezes nos deparamos com certas necessidades que nem sempre podem ser concretizadas. Uma delas é ter em mente todas as referências possíveis para leitura da obra de um poeta, algo muito solicitado para análise … Leia mais

Sentimento do mundo (Carlos Drummond de Andrade)

Dizer algo sobre a obra de um dos poetas mais renomados do país é sempre uma tarefa constrangedora no mínimo, ainda mais se esse poeta for Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) e a obra Sentimento do mundo (1940), fundamental em … Leia mais

Poesia completa (José Paulo Paes)

Personalidade muito ativa no cenário literário brasileiro a partir da década de 1940, José Paulo Paes (1926-1998) se consolidou como poeta e tradutor de extrema relevância mesmo sem ter se ligado a qualquer grupo. Digo isso porque é notável que … Leia mais

Rilke shake (Angélica Freitas)

Confesso que Angélica Freitas me surpreendeu. Antes que vocês pensem qualquer coisa (boa ou má), deixem me explicar: assim como faço com todo poeta de produção mais recente, ou seja, novidade para mim, li um poema seu em um site … Leia mais